domingo, 6 de janeiro de 2013

Encargos de Patrulha


Você sabe o que é e o que faz um almoxarife? E um aguadeiro? Sabe qual a função do mestre de campo? Pois saiba que estas são funções importantes dentro de uma patrulha escoteira. (lembrando que quando digo “escoteiro” me refiro a todos os ramos que se enquadram). Além destas, existem outros encargos de igual importância para um bom funcionamento do Sistema de Patrulha. São eles, conforme Regra 071 do POR (Princípios, Organização e Regras) da União dos Escoteiros do Brasil:

Na sede
Monitor – É o líder eleito pela Patrulha e nomeado pelos escotistas da Tropa, é o elo entre a chefia e a patrulha.
Submonitor – O braço direito do monitor e por este motivo deve ser indicado por ele, em acordo com a patrulha.
Almoxarife – É o responsável pela caixa da patrulha, onde se guardam ferramentas, lonas, barracas, cordas e etc. Também pela manutenção das ferramentas e solicitação de aquisição na falta de algum material.
Secretário – Cuida do livro da patrulha onde consta o histórico e suas recordações. E encarregado da entrega das autorizações e avisos à patrulha.
Tesoureiro – É o responsável pelo cofre da patrulha, arrecadação de fundos e do controle das compras.
Administrador – Junto com o Tesoureiro são responsáveis pelos gastos da patrulha.
Bibliotecário – Cuida da biblioteca (livros, manuais, guias), do blog e do mural da patrulha.
Recreacionista – Faz atividades para a patrulha, sugere jogos e atividades e busca novidades para a chefia.
Outros podem ser sugeridos conforme a necessidade de cada patrulha.
No campo
Além do monitor, submonitor e almoxarife, também há:
Almoxarife – Segue as funções da sede, mantendo o material organizado;
Intendente – Este deve atentar aos mantimentos da patrulha, deixando-os protegidos e organizados, assim como responder ao apito da chefia (um silvo longo) para recebimento de material.
Cozinheiro – Prepara as refeições e previamente o cardápio e a lista de mantimentos.
Auxiliar de cozinha – Encarregado em manter limpa e organizada a cozinha e auxiliar o cozinheiro quando necessário.
Sanitarista – É responsável pela construção e limpeza do banheiro, fossa e latrina.
Aguadeiro – Cuida do abastecimento de água para a patrulha, inclusive para preparar alimentos. (busca, traz, vê se esta limpa, etc.).
Lenhador – responsável por não deixar faltar lenha para a fogueira e principalmente, para a cozinha, é o único que tem permissão para entrar no canto do lenhador.
Socorrista – Este deve ter pleno conhecimento de primeiros socorros e deve manter o kit (caixa) de primeiros socorros organizada, verificando se precisa repor algo. É uma função que exige bastante responsabilidade.
Assim como na sede outros encargos podem ser criados conforme a necessidade.
O Monitor é responsável pela administração, disciplina, treinamento e escolha das atividades de sua Patrulha. Preside o Conselho de Patrulha e transmite aos companheiros os conhecimentos, habilidades e técnicas escoteiras. O Submonitor auxiliará e tomará parte destas responsabilidades, bem como comandará a patrulha quando o Monitor não estiver presente. Ambos deverão suprir a falta de algum patrulheiro cumprindo com o encargo e as tarefas que eram a ele designado.
Cada escoteiro da Tropa deverá ter ao menos um cargo que foi designado no Conselho de Patrulha e que desempenhará por aproximadamente seis meses ou de acordo com a vontade da patrulha (pode ser mudado a cada acampamento), para ter rotatividade e todos ocuparem os melhores encargos.
Imagine a patrulha como um time de futebol, onde cada jogador sabe a posição e função a cumprir da melhor maneira possível. E quanto mais cada um se empenha, melhor será o resultado da equipe. Todos fazendo seu melhor possível tenho certeza que a “máquina” chamada patrulha funcionará perfeitamente.
Sempre Alerta!